Buscar
  • Laudio Nogues

Por que praticar Mindfulness ajuda em sua vida pessoal e profissional?


Vivemos em um ritmo frenético. Quase sempre estamos preocupados com alguma coisa que já aconteceu e causou consequências indesejáveis ou com o que irá ou poderá acontecer. Até mesmo o que pode ser muito bom para nós por vezes colocar-nos em situações que desafiam alguma habilidade a qual não temos, ou pior, que temos pavor de enfrentar, como preço para conquistar o benefício.


O segundo maior medo comprovado entre as pessoas, depois da morte, é o medo de falar em público. Agora imagine o profissional reconhecido por sua valiosa contribuição em seu projeto sendo convidado para fazer uma apresentação de suas ações para os seus pares e a alta direção da empresa que trabalha quando é exatamente falar em público aquilo que o deixa em pânico. É claro que esta ação o projetará para cima e aumentará significativamente suas chances de crescimento sendo esse o seu objetivo de carreira. Mas, entre o momento em que recebe o convite até o dia da apresentação, o que é que passa na cabeça desse profissional? E nos momentos que antecedem o evento, como ele se sente? Deixo que vocês façam essa reflexão.


Enfrentar nossas limitações não é uma tarefa fácil. Às vezes passamos uma vida estudando como loucos buscando em conteúdos externos aquilo que nos falta internamente. Todos nós hoje somos o produto resultante da soma da genética com todas as experiências vividas sendo que a maioria delas são gravadas em nosso subconsciente. Alguns desses componentes internos, muitas vezes imperceptíveis, cumprem a tarefa sistemática de nos sabotar, especialmente em momentos cruciais de nossa jornada.


Essas tormentas mentais são pensamentos, e pensamentos são de fato produções de nossa mente as quais muitas vezes não passam de verdadeiras peças de ficção. Essas ficções, se não percebida como tal, viram verdades em nosso cérebro e passam a nos assombrar com uma gama de desconfortáveis somatizações corporais as quais retroalimentam o círculo vicioso da limitação do potencial.


Ora, se estamos ocupando uma parte da nossa capacidade máxima com tormentas do passado, outra parte com as mensagens negativas do que pode acontecer de errado no futuro, o que realmente sobra para sermos brilhantes no presente será apenas uma fração de quem exatamente somos. Essa fração será a porção que assumirá o papel do todo perante a avaliação dos outros, isso quer dizer que as chances de insucesso aumentam bastante, ou que o resultado ainda que favorável, poderia ter sido muito melhor.


Então, como podemos expandir essa fração de potencial na direção dos 100% nos momentos de pressão? A resposta está na ciência. Comprovações científicas mostram que o caminho para o melhor controle das emoções está na gestão da atenção. Quanto maior a capacidade atencional, maior a chance de equilíbrio emocional. Foco, capacidade cada vez menos acessível com todos os assédios da vida moderna, passa a ser então a chave do enigma.


O exercício da Atenção Plena (Mindfulness) é uma poderosa alternativa para obter sucesso nesse desenvolvimento. Trata-se de uma evolução gradual comparada ao ganho de massa muscular no fisiculturismo. Será preciso disciplina e principalmente resiliência para resistir aos desafios da prática, os quais aparecem imediatamente. Já os benefícios, esses vêm com a constância e se tornam perceptíveis em uma escala crescente.


A lógica da meditação Mindfulness está na capacidade de perceber os movimentos da mente como um observador sendo capaz de separar os pensamentos da nossa consciência deixando que eles sejam o que são de fato; produções de nossa mente. Um dos exercícios mais usados na meditação Mindfulness é o que usa a respiração como âncora corporal e referência para fixar nossa atenção sempre sustentando uma postura ereta, altiva que transmita ao nosso cérebro a intenção de estar presente e atento. Existem muitas outras formas de prática Mindfulness sendo algumas formais, como a da respiração e outras informais como: caminhar, escovar os dentes, tomar banho e muitas outras tarefas comuns que se pode fazer em um estado mental de Atenção Plena.


Hoje é possível acessar o desenvolvimento de forma autodidata, mas o caminho mais eficaz é através da orientação de pessoa qualificada.

Segue abaixo as listas de alguns benefícios e desafios da do Mindfulness, lembrando sempre que os benefícios são graduais e subjacentes.


Benefícios:

· Redução do estresse e ansiedade

· Desenvolvimento do foco e da concentração

· Qualificação dos relacionamentos e da liderança

· Melhoria no autoconhecimento e no equilíbrio

· Desenvolvimento da intuição, criatividade e inovação

· Renovação da saúde e do bem estar

Desafios:

· Dúvida

· Inquietude

· Buscar um benefício imediato

· Aversão

· Sonolência

O segredo é conseguir conectar sua mente a seu corpo porque seu corpo sempre está no momento presente, já sua mente nem sempre.


Agora que você já deu o primeiro passo, lendo esse artigo até o final, siga em frente e mãos à obra. Boa sorte.

75 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo